Cinema

Comet

It doesn’t have to look good on paper to feel good.

2015 - Comet“Boa noite. Eu estava justamente pensando em você.”

A menina quando ouviu ficou desnorteada. Não é o tipo de coisa que se ouça assim de estranho. Estranho não, cliente. Um cliente que aparecia ali no cinema a cada duas ou três semanas. Ela ficou surpresa e embaraçada, embora se notasse que também ficou envaidecida. Não soube como reagir. Ensaiou um sorriso, mas se arrependeu dele, que não durou nem uma fração da habitual fração de segundo que esses sorrisos duram.

Os dois colegas que conversavam com ela dentro da bilheteria do cinema: um em pé, também trabalha na bilheteria, o outro, sentado entre os dois, pés no balcão, era o gerente. Foi o gerente que me apontou, de mão espalmada, para ela que, de olhos arregalados, só me olhava: “Atende o cliente.”

Ela então abriu a boca, perdida sobre o que fazer, não conseguiu inventar o que falar. Não sei se me achava atrevido, engraçadinho. Não dava nem para saber se estava encabulada. Seus olhões arregalados e, agora, a boca aberta, escancarada, olhando na minha direção me deixaram também sem saber como reagir.

“Eu estava justamente pensando em você…”

Minha reação, repetir o que tinha dito, afinal eu não contava com ela se perder assim, acho que a atrapalhou ainda mais. Ela acho que tentou falar algo, não saiu palavra nenhuma, só um som.

“… Inteira.”
“Inteira?” — Ela conseguiu falar, finalmente, com a cara um pouco de assustada.
“Inteira.” — Eu confirmei, inocente.

Os colegas dela riram muito. Fiquei incomodado. Não quis ser engraçado. Isso não era situação pra se rir.

O gerente teve de repetir para ela algumas vezes até a gente se tocar: “Sala 1. Pensando em Você. Sala 1. Ali na tua tela. Sala 1. Eu Estava Justamente Pensando em Você é o nome do filme.”

Aí sim, ela ficou morrendo de vergonha. Vermelha, cruzou os braços sobre a mesa e escondeu a cara sobre eles. Me pediu desculpas, encabulada. O gerente e o colega saíram da bilheteria gargalhando.

O título em português é estúpido mesmo. Quem o inventou já deve ter rido antecipadamente das confusões que aconteceriam. O título em inglês é Comet. Por que não podiam traduzir simplesmente como Cometa? Não. Inventaram uma frase como título.

Comprei o ingresso e fui procurar onde jantar antes da sessão. Na semana seguinte, eu acho que daria risada já antes, se calhasse de ela me atender de novo.

Jantando, me lembrei, este filme devia passar no cinema do final da avenida. Na bilheteria de lá tem uma menina bem bonita. Eu acho bonita. Poderia ter sido ela a fazer a confusão.

Não vi muita gente falando bem deste filme pela Internet. Ele é mesmo esquisito. Tem uma forma de contar a história que confunde se você não prestar muita atenção e não se der logo conta de como as coisas acontecem. Mas a idéia… de que em algum lugar do tempo, do espaço, noutra realidade, as coisas estão bem. E de que se você não tentar não vai saber. E de que não dá pra voltar o que já foi feito errado, ou fazer o que nem foi feito. Essa é uma idéia que acho que foi muito bem explorada. Como se dentro da cabeça de quem a está pensando.

Fazia tempo que eu não via no cinema um filme que achasse bom. E mais tempo ainda que me emocionasse. O filme… eu não me iludo… Acho que daqui há alguns anos o verei de novo e acharei bobo. Mas, nesse sábado, foi bem o que eu queria e saí do cinema pensando nas possibilidades todas de tudo o que acontece na vida.

Em determinado momento do filme, a garota faz um gesto, uma mímica, de um cometa passando pelo céu até sumir. Tenho me pego imitando isso várias vezes neste último mês.

I feel like I’m in the wrong world. ‘Cause I don’t belong in a world where we don’t end up together. I don’t. There are parallel universes out there where this didn’t happen. Where I was with you, and you were with me. And whatever universe that is that’s the one where my heart lives in.

Comet (2015) – trailer

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s