Uncategorized

Quase um Ano

Eu, ultimamente, não estou muito inspirado para escrever.

Ando sem muitas idéias de histórias para contar e também com dificuldade de prestar muita atenção. Além disso, tenho me sentido muito cansado à noite. As madrugadas sempre foram meus horários preferidos.

As coisas que tenho escrito não yêm me agradado, muitas eu jogo fora ou num canto sem postar. No fim-de-semana, postei uma que estava em rascunho há algum tempo. Mas parece que escrevi sem prestar atenção. Ficou horrível.

Escrevi mais uma hoje que resolvi não postar. Escrevi com pressa e sei que não vou conseguir passar a limpo tranqüilo. E também, ao que me lembro dela, não vai agradar a ninguém. É só mais do mesmo. Talvez a vida seja mesmo só mais do mesmo. Especialmente as descrições do quotidiano me parecem, cada vez mais, mais do mesmo.

Acho que, por isso mesmo, comecei a escrever algumas coisas sobre os filmes que vi. Não deveriam ser histórias, mas coisa factual. O que achei, o que vi, do que gostei. Às vezes não resisto e coloco uma historinha. A grande maioria acaba me parecendo mais do mesmo também. Incrível quanta besteira vi que não mexeu comigo mais do que a esperança de que fosse algo bom.

Este fim-de-semana, consegui dar forma a uma idéia que vinha tendo e fui começá-la. Fiquei triste quando percebi que me esqueci de uma coisa muito importante. Muito importante! Imperdoável! Fucei meus emails, histórico do telefone, dos notebook, redes sociais. Não consegui encontrar. Fiquei chateado mesmo!

Corri no histórico deste blog, procurar nos primeiros posts, um ano atrás, para ver se me lembrava. Não me lembrei. Mas encontrei os posts. Diários. Algumas coisas bobinhas. Algumas coisas que não passavam de frases, de gracinhas mesmo. Mas, quase todo dia, um texto bem melhor do que as coisas que tenho escrito nos últimos meses.

Não sei se relaxei, se estou perdendo a mão, ou se cheguei no limite e as idéias acabaram. Não achei o que precisava, mas comparando o que achei, estou achando uma senhora porcaria as últimas coisas que tenho publicado.

Este não é meu primeiro blog. Já comecei vários outros que destruí por algum desgosto, algum ataque de amargura dos que me são costumazes. Nenhum chegou a um ano como este vai chegar. Eu fico chateado nos dias em que não escrevo. Mas escrever coisas de que não gosto, eu não quero.

Vou me esforçar para escrever, de novo, coisas de que eu goste. Espero que este seja o último post chateado. Vou me esforçar.

 

4 thoughts on “Quase um Ano”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s