Uncategorized

face

Eu abri o face, enfastiado, desanimado, sem imaginar com quê me distrair. Abir o face é um reflexo inútil (sim, reflexos podem ser inúteis) de quando não tenho o que fazer. Abro para ver se tem algo de interessante a passar o tempo também inútil. Raramente tem.

Vídeos que eu não assisto. Fotos mal tiradas de temas que eu não consigo identificar. Um amigo meu posta várias selfies por dia, cada uma com uma roupa diferente. Acho bacana, mas é difícil alguma me chamar a atenção. Já fotos de paisagens, eu costumo invejar.

Nem presto atenção em quase nada. Corro a página com pressa. Procuro notícias sobre a política no clube, shows ou lançamentos de artistas de que eu gosto. Mas é Carnaval. No Carnaval, não há notícias, não há nada demais.

Parei de correr a página para ver um desenho. Simples e muito bem feito. Uma banda, de um tempo para cá, anda postando fotos com um ou dois versos de letras de suas músicas. Normalmente passo sem olhar. Mas o desenho que eles postaram hoje me chamou a atenção. E o desenho me chamou a atenção aos versos.

Costumo encabeçar alguns posts com versos de músicas que eu gosto. Procurei a letra dessa para me lembrar porque nunca comecei um post citando-a. Não tenho certeza de se gosto da letra toda (de todos os seus sete ou oito versos, é curta). Mas gostei do desenho e gosto do início.

Só isso já bastava.

IMG_1241

2 comentários em “face”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s