Uncategorized

Búfalo

O que eu não queria já encontrei. Não precisei procurar. Veio a mim e se encontrou em mim. O de que preciso agora são duas coisas. Uma já comprei. Deu trabalho. Doze milímetros, cano longo. Ao acordar, nem sabia o que era isso. O vendedor me ensinou, ajudou a escolher. A outra, procuro, muito. E não calho em achar. Pela manhã, fui ao zoológico. Tempo perdido. Pela história que me contaram, achei que estava lá. Não estava. Procurei na feira, no leilão, é próximo ao zoológico. Até achei alguns parecidos, mas não aquele. Fui a museus, dois, procurar em quadros. Cheguei a procurar em livros, em fotos. O mais próximo que consegui me deu pena. De quê preciso mesmo é daquele búfalo. Tem de ser aquele. Para eu acertar com minha nova doze bem no meio daqueles olhos cheios de ódio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s