Uncategorized

Isto é amarelo. Já foi gema de ovo. Aqui, é azul. Era pedra. Deu trabalho para moer. Este vermelho, era inseto. E este, além de inseto, terra. Estes verdes eram plantas. O marrom, terra. Óbvio. Este cinza sempre foi cinza. É cinza de madeira queimada. O outro ali também. O preto, eu não sei de onde saiu.

Alguém, e eu imagino que não deva ter sido uma pessoa só, teve idéia de colocá-los em potinhos e usar para pintar. Chamam-nos tintas. E agora podem ser um pôr-do-sol, uma flor ou o mar. Ou tudo isso junto mais um casal de crianças deitado na areia brincando de adivinhar as formas das nuvens.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s