Uncategorized

Passear

Eu odeio festas, não sei como você pode gostar. E de casamento então… acho tão cafonas essas coisas que as noivas andam inventando!… Eu gosto de sair assim, nós dois. Quanto muito, encontrar família para almoçar ou jantar. Ou um casal de amigos. Essas confusões com muita gente junta são muito chatas. Pra não falar que você resolve passar o dia todo no salão e coisa-de-tal, longe de mim o dia inteiro, e, chega lá, também, sai conversando com aquelas pessoas que eu nunca vi antes e me deixa no canto com cara de paisagem.

E eis que me aparece você, na sala, finalmente pronta pra sair. Vestido não muito decotado, Justino até a cintura. Joelhos de fora. Aquelas sandálias que eu brinco que você devia usar na praia. Cabelo fofinho e cheiroso feito uma nuvem. Cordão no pescoço. Esse pingente… está num lugar que eu gosto muito… Braços, boa parte dos ombros,de fora. hmm os ombros são o melhor. Vontade de beijar, beijar, beijar… Deixa ver os brincos. Hmmmm. Não, o melhor mesmo é este pedaço onde os brincos ficam pendurados, e que o cabelo pensa que esconder. A maquiagem, nem precisava. Já é linda! Ela só realça.

“Eu mereço isso tudo? Você assim bonita?”

Seu sorriso, não sei se responde, tua bochecha fica vermelha. Tenho que te beijar.

“Não sei se vai me fazer bem tanta inveja que terão de mim.”

E vamos passear.

2 thoughts on “Passear”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s